Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006

Historial das "Mondadeiras"

O Rancho Folclórico "As Mondadeiras" de Casa Branca, nasceu por iniciativa da boa vontade e empenho de um grupo de pessoas que se juntaram com o objectivo comum de preservar e divulgar as tradições culturais dos nossos avós.Começou com cerca de 35 elementos, que desde o primeiro momento - 13 Agosto de 2001, tem ensaiado com grande entusiasmo e força de vontade para agrado e satisfação da população em geral, saudosa do "nosso" extinto Rancho Folclórico que tanto prestigiou a nossa terra nos finais da década de 50/60.

O Rancho Folclórico "As Mondadeiras", apresentou-se ao público no dia 9 de Junho de 2002, na terra que o viu "renascer", a nossa - Casa Branca.

O nosso principal objectivo é representar a nossa terra e as nossas gentes, com dignidade e respeito pelas tradições e valores tanto no que respeita a trajes simples, rude e modestos, que caracterizam o nosso povo: *Masculino- Pastor, Ajuda, Ganhão, Tirador de Cortiça, Carvoeiros, Chaveiro, Abegão, Feitor, Forneiro, Manageiro, Varejador, Lavrador, Infantil e Domingueiros;

*Feminino - Mondadeiras, Ceifeira, Azeitoneiras, Amassadeira, Traje da Aldeia, Infantil e Domingueiros;

como nas danças e cantares: as saias, as chotiças, mazurcas, as desgarradas... que sendo caracteristico de um povo Alentejano, muito ficam a dever á dolência que por anedota lhe é atribuída.

É bem certo que muito temos ainda para aprender, e para tal propomo-nos continuar a efectuar a recolha e recuperação de trajes, cantigas, danças tradicionais da nossa terra e essencialmente de tudo o que ainda persiste na memória dos mais idosos.

publicado por Mondadeiras às 19:09
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Ricardo Loureiro a 3 de Agosto de 2006 às 13:39
Muitos parabens ao grupo "As mondadeiras" pelo novo blog. Que ele cresça como sitio de opinião e informação acerca do vosso folclore. Cumprimentos especiais à Josefina, Nicete, Kularisse, Salomé e ao Joel.


De Pedro David a 4 de Agosto de 2006 às 01:04
Sobre as maravilhosas tardes e as inesquecíveis noites passadas na vasta planície, entre os colos palpitantes e cálidos das ceifeiras, das mondadeiras, das vinheiras , das guardadoras de gado e, até, das ardentes forasteiras.
No apurado noviciado desenvolvido ora à acolhedora sombra das árvores que, leais e simples, pontilhavam as terras, ora nos intervalos lânguidos das mondas e das ceifas, ora no aconchego húmido dos currais, ora nas frescas alcovas clandestinas de casas de lavoura hospitaleiras, espalhadas pelos campos.

Mondadeira
Que em teu labor estás mondando
Gramados de ervas maninhas,
Monda também a minha alma
De tantas coisas mesquinhas.
Limpa o meu coração
Dessa planta nefasta

Muitos parabéns pelo blog.
Um abraço amigo.
Pedro David


De Mauro Bilro a 16 de Novembro de 2006 às 21:14
QUer dizer que o Rancho e so desde 2006 para a frente?!!!! Gostaria de saber pk e k não ha fotos nem memorias do resto? Qual resto?!!!! Os que aconpanharam e fizeram por As Mondadeiras ate 2006!!!! Por exemplo eu!!!! Nos que tanto sacrificios e suor demos ao rancho não temos direito a nada na pagina? nem uma recordação uma foto??? sei la... Nunca levei um tostão do rancho mas perdi alguns... Acho, acho que tenho tanto eu como as outras pessoas o direito a alguma referência tambêm aqui ou não?


De Mondadeiras a 17 de Novembro de 2006 às 11:17
Concerteza que sim Mauro, e já agora se nos puderes disponibilizar umas fotos de anos anteriores, as Mondadeiras agradecem, é que não temos practicamente nenhumas, até porque antes ninguém se disponibilizava a levar uma máquina para as tirar. E claro que sim, havemos de ter um post que fale das nossas melhores recordações, afinal o Blog ainda se encontra em plena construção. As Mondadeiras, não só para ti mas como para todos os outros tem sido um hobbie e tal como tu ninguém nunca ganhou um avo, com o grupo. Mas as portas encontram-se sempre abertas para quem por bem levou o nome desta terra mais além e convidamos-te a voltar.


De MAURO BILRO a 8 de Setembro de 2008 às 08:13
Bom dia, so hoje vi as respostas ao meu comentario, desde ja peço desculpa se de algum modo fui ofensivo," AS MONDADEIRAS" foi sem duvida uma excelente e enriquecedora expriência que tive, conheci lugares, gentes e culturas que talvez nunca me tivesse apercebido que existiam, percorremos milhares de km sempre com alegria e dedicaçao, fomos a TV, Madeira e conheci particularmente o norte do nosso fantastico e bonito pais, adorei a expriencia e aconselho todas as pessoas de todas as idades a ingressar num grupo folclorico, garanto que vao partilhar do meu sentimento descrito atras... Infelizmente tudo tem um fim, o meu foi devido a situações profisionais que me "obrigaram" a mudar para Lisboa, mesmo depois deste tempo todo de ausencia e da distancia a que me encontro continuo sempre a acompanhar o percurso do rancho na medida que posso, quando so vejo a dançar da-me sempre uma enorme vontade de subir ao palco para dançar convosco, infelizmente devido a distancia nao posso assistir e participar nos ensaios e na vida fisica do rancho "As Mondadeiras" mas deixem-me dar-lhes os parabens pela continuação e vida saudavel das "Mondadeiras" espero que continuem pois como sempre sao fantasticos no espetaculos que dao e tem pessoas muito boas e dedicadas nao so no corpo de dança como tambem na gestao do mesmo O meu muito obrigado por tudo e nao um adeus mas quem sabe um ate ja......


De josefinarosado a 17 de Novembro de 2006 às 19:34
Amigo Mauro

Folgo muito em te ver por “cá”, é bom sinal, é sinal que pelo menos não te esqueceste das “Mondadeiras” que elas também não se esqueceram de ti, acredita.

Queixas-te que nunca levaste um tostão do rancho…, mas isso nem tu nem ninguém, pelo menos que eu saiba. Que perdeste alguns tostões… com o rancho? Não percebi… se cá os perdeste, vê onde os perdeste, porque que eu tenha dado por isso ninguém os achou.

Sacrifício e suor todos tem dado ao Rancho, que quando é dado desinteressadamente, com boa vontade, com brio e com empenho, que tenho a certeza foi o teu caso, é de um valor incalculável, é o maior bem e o maior orgulho que cada um de nós pode ter por representar preservar e divulgar as tradições da nossa terra e das nossas gentes.

E muito sinceramente te digo, falo em nome do grupo porque sei que assim é, a todo o tempo que queiras voltar, as portas estão sempre abertas, serás bem recebido nesta “família” que terá todo o gosto em contar com a tua colaboração e a tua amizade, aliás como a de toda a gente.

Certamente… ou não…, que quando ler a tua mensagem , o componente que desde o primeiro dia que adquiriu a máquina fotográfica a tem utilizado sistematicamente em função do rancho, pede desculpa pelo facto de tal não lhe ter sido possível antes do dia 09/06/2005, ou seja, antes do dia em que pura e simplesmente desapareceste do mapa. (leia-se do “Rancho”)

Mas ainda assim temos uma foto tua sim senhor, aliás duas pelo menos, uma q tirei eu , que tb peço desculpa por a máquina não ser grande coisa, e a outra,no dia que tiramos todos cada um na função adequada ao traje.

Aqui fica então a referencia ao Mauro, visto ter aqui manifestado essa vontade, e a que tem todo o direito sem sombra de dúvida.

Envergava calça e colete de Saragoça, camisa de riscado, lenço ao pescoço, chapéu e cinta preta, representava o feitor, digamos que, o estatuto mais alto dos trabalhadores das herdades, homem de confiança do lavrador (patrão) que lhe competia dar as ordens em nome deste.

E já agora obrigado por deixares a tua opinião, todas são importantes para tentarmos sempre fazer melhor, e alguma coisa mais que haja a tratar… somos cá da mesma terra, as vezes encontramo-nos no bar… escusamos de andar com escritos não achas?

Um abraço, companheiro, e até logo ou até amanhã Josefina


De josefinarosado a 17 de Novembro de 2006 às 19:43
Tinha aqui a fotografia mas não fui capaz de a meter, temos pena, mas vou tentando. Mas deixa que isso tá orientado, qualquer dia menos dia já cá tás, tu e os outros.
Um abraço
Josefina


De jose manuel a 17 de Agosto de 2007 às 17:41
Bem gostaria de também ter algumas das minhas fotos num destes blogs . Já que não consegui ver nenhuma posso facilitar o envio de algumas que tenho em casa . Da próxima vez que for a casa eu faço questão de as entregar a pessoa responsável para esse efeito .Desde sempre eu fui um dos que trabalhou arduamente no grupo das "Mondadeiras" Em relação ao blogs está um espectáculo . Fiquem bem e um abraço deste vosso colega de boas actuações e dias maravilhosos que passamos todos juntos .


De Mondadeiras a 23 de Agosto de 2007 às 14:35
Zé Manuel, parece-me a mim que andas com falta de vista, ou não(...) Se reparares bem na foto em cima estás a dançar com a Josefina, no Post "Memórias", estás na foto das Marchas, na do Grupo não te encontras porque possivelmente foi numa das vezes em que saiste do Grupo, no Post "Ano 2006", também lá te encontras - Actuação em Estremoz, e se tiveres atenção ao Slide Show também lá estás, feitas as contas tens mais fotos no Blog, do que eu... Se quiseres entregar algumas das fotos que tens em casa, estás á vontade, As Mondadeiras agradecem e a responsavél pelo Blog, como sabes sou eu... Nicete, podes entregar-me que eu tomarei tanto cuidado com elas como se fossem minhas. Quando fazemos parte de um grupo devemos trabalhar arduamente em conjunto e quando o fazemos para bem de um projecto, então estaremos de bem com a nossa consciência, sabemos concerteza que fizemos tudo o que podemos, mas importante é nunca deixar de lutar pelo que acreditamos... Pensa nisso, em nome das boas actuações e dos dias maravilhosos que passámos todos juntos, deixo-te um grande beijinho na esperança de que um dia voltes á familia de que durante algum tempo fizeste parte... serás sempre muito bem vindo, bem haja!! Um abraço desta amiga... Nicete


Comentar post

Visitas

Mondadeiras Post

2016 - Serração da Velha

13 de Junho - XIV Festiva...

XIV Festival Nacional de ...

Ano 2015

Ano 2014

Ano 2013

Ano 2012

Ano 2011

Ano 2010

Ano 2009

Ano 2008

Agenda

Ano 2007

Apresentação do Grupo

Memórias

A Aldeia de Casa Branca

A Sede d´As Mondadeiras

Ensaios

Contactos

Artigos de Opinião

links

tags

todas as tags

pesquisar